Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.10/1157
Título: Posição sobre suportes vasculares restaurativos transitórios coronários em Portugal
Autor: Teles, R
Pereira, H
Carvalho, H
Patrício, L
Santos, R
Baptista, J
Pipa, J
Abreu, PF
Faria, H
Ramos, S
Ribeiro, V
Martins, D
Almeida, M
Palavras-chave: Diabetes mellitus
Stents
Intervenção coronária percutânea
Portugal
Data: 2013
Editora: Sociedade Portuguesa de Cardiologia
Citação: Rev Port Cardiol. 2013 Dec;32(12):1013-8
Resumo: Introdução: Os suportes vasculares restaurativos transitórios (sVRT) foram recentemente aprovados para intervenção coronária percutânea (ICP) na Europa e possuem propriedades muito inovadoras. O objetivo desta declaração de posição é rever criticamente a informação e os estudos com os sVRT disponíveis e contribuir para uma reflexão científica que promova o seu uso racional com orientações estruturadas para a sua aplicação inicial em Portugal. Métodos e resultados: Foi constituído um grupo de trabalho para alcançar um consenso com base na evidência científica conhecida, na discussão de casos clínicos modelo e na experiência individual. A evidência reunida sugere que os sVRT disponíveis podem produzir uma melhoria fisiológica e clínica em doentes selecionados. Os dados relativos à sua durabilidade e segurança a longo prazo são animadores. As indicações iniciais foram agrupadas em três categorias: a) consensuais e apropriadas --- jovens, diabéticos, descendente anterior, lesões longas, doença difusa; b) menos consensuais mas possíveis --- lesões com pequeno colateral, síndromas coronárias agudas estabilizadas; c) inapropriadas --- tronco comum, tortuosidade, calcificação grave. Conclusão: Os suportes vasculares restaurativos transitórios constituem uma terapêutica válida pela evidência científica encorajadora da sua aplicabilidade, da melhoria fisiológica e clínica. Devemos privilegiar as indicações aconselhadas e adequar as técnicas de angioplastia coronária, bem como monitorizar e avaliar os resultados para evitar uma adoção inapropriada. É recomendável o desenvolvimento expedito de normas de orientação clínica pelas sociedades científicas apoiada em registos de elevada qualidade.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.10/1157
ISSN: 0870-2551
Versão do Editor: http://apps.elsevier.es/watermark/ctl_servlet?_f=10&pident_articulo=90260005&pident_usuario=0&pcontactid=&pident_revista=334&ty=49&accion=L&origen=elsevierpt%20&web=www.elsevier.pt&lan=pt&fichero=334v32n12a90260005pdf001.pdf
Aparece nas colecções:CAR - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Rev Port Cardiol. 2013 32(12) 1013-1018.pdf577,81 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.