Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.10/1159
Título: Modelos de morbimortalidade cirúrgica no adulto oncológico idoso e muito idoso: CR-BHOM
Autor: Gomes, A
Rocha, R
Marinho, R
Sousa, M
Tomás, R
Pignatelli, N
Carneiro, C
Nunes, V
Palavras-chave: Neoplasias colorrectais
Cirurgia colorrectal
Índice de gravidade da doença
Morbilidade
Mortalidade
Idoso
Data: 2014
Editora: Sociedade Portuguesa de Cirurgia
Citação: CONGRESSO NACIONAL DA SOCIEDADE PORTUGUESA DE CIRURGIA, 34, Albufeira, 6 a 8 de Março de 2014
Resumo: INTRODUÇÃO: A revisao e discussao da morbimortalidade cirurgia é uma ferramenta imprescindivel e um indicador de qualidade e excelencia em Cirurgia. O CR-BHOM foi recentemente apresentado como um modelo de morbimortalidade com bom valor predictivo na cirurgia colorectal e prático em contexto clinico. O OBJECTIVO deste trabalho é avaliar o valor predictivo do CR-BHOM enquanto modelo de morbimortalidade cirurgica nos doentes muito idosos submetidos a cirurgia colorectal major na nossa instituição. METOLOGIA: Estudo observacional, analítico, longitudinal com colheita retrospectiva de dados. Cálculo da razão entre morbilidade/mortalidade cirurgica estimada e morbilidade/mortalidade cirurgica observada (razão E/O). Análise multivariada com regressão logistica. RESULTADOS: Foram incluidos 204 individuos com idade = 84.3±3.9 [80-100], 109 do sexo feminino. A razão E/O foi de 1,84 (1,72 na cirurgia electiva e 2,02 na cirurgia urgente; p<0,05). A razão E/O para a morbilidade cirurgica global foi de 1,09. Da análise por regressão logistica verificamos que uma idade superior (B=0,101) e uma albuminemia inferior (B=-0,867) se associam a mortalidade. Verificamos igualmente que uma idade superior e uma uremia superior (B=0,023) se associam a morbilidade. CONCLUSÕES: O CR-BHOM sobrestimou a mortalidade cirurgica na nossa insituição. assume-se como um bom modelo para a morbilidade cirurgica nos doentes muito idosos submetidos a cirurgia colorectal major. Idade superior e albuminemia inferior aumentam a probabilidade de morte. Idade superior e uremia superior aumentam a probabilidade de morbilidade cirurgica.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.10/1159
Aparece nas colecções:CIR - Comunicações e Conferências

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
MODELOS DE MORBIMORTALIDADE CIRURGICA - comunicação.pdf686,65 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.