Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.10/1384
Título: Eco-doppler renal: quando, como e porquê?
Outros títulos: Renal doppler ultrasound: when, how and why?
Autor: Duarte, AL
Germano, A
Palavras-chave: Obstrução da artéria renal
Hipertensão renal
Eco-doppler
Data: 2014
Editora: Hospital Prof. Dr. Fernando Fonseca, E.P.E.
Citação: Rev Clin Hosp Prof Dr Fernando Fonseca 2014; 2(2): 21-26
Resumo: Com este trabalho pretendemos rever as aplicações do eco-Doppler renal, familiarizando os clínicos quanto a esta técnica, as suas utilidades e limitações. A hipertensão arterial é uma doença altamente prevalente e a estenose da artéria renal (EAR) é a causa secundária potencialmente tratável mais frequente. As principais etiologias desta condição são a doença aterosclerótica (a grande maioria) e a displasia fibromuscular. Entre os vários métodos imagiológicos disponíveis, o eco-Doppler está presente no quotidiano hospitalar e apresenta vá- rias vantagens como o baixo custo, a disponibilidade, ser não invasivo e não utilizar radiação ionizante. No entanto também tem limitações, como a de ser operador dependente e as condicionantes do examinado. Através do eco-Doppler obtemos uma avaliação morfológica do rim, mas também hemodinâmica do parênquima renal e do seu suprimento arterial. Existem parâmetros directos e indirectos que permitem uma avaliação da vascularização renal, assim como determinar se existe uma estenose significativa, com repercussão hemodinâmica no rim. O eco-Doppler também é útil na avaliação de outras patologias arteriais que podem afectar o rim e a artéria renal, como defeitos da perfusão arterial do rim ou aneurismas da artéria renal. A angio-TC e a angio-RM também são métodos imagiológicos que fazem o diagnóstico desta patologia, mas são mais caras e implicam a administração de contraste endovenoso. O gold standard é a angiografia renal, mas devido aos seus riscos é principalmente usado na terapêutica da EAR. Também existem exames da medicina nuclear que permitem uma avaliação funcional dos rins. O eco-doppler renal é um método que, se for executado por uma mão experiente, num doente que reúna indicações clínicas e um perfil biofísico adequado, é muito útil no rastreio da EAR.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.10/1384
ISSN: 2183-3966
Versão do Editor: http://revistaclinica.hff.min-saude.pt/index.php/rhff/article/view/96/60
Aparece nas colecções:IMAG - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
96-215-1-SM.pdf898,45 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.