Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.10/1500
Título: Prevalência dos utentes com tempo de tromboplastina parcial activado baixo, na população do Hospital Prof. Doutor Fernando da Fonseca, EPE
Outros títulos: Lower activated partial thromboplastin time prevalence study, in prof. Doutor Fernando da Fonseca Hospital population
Autor: Santos, MA
Aliyeva, E
Salazar, F
Silva, L
Sancho, L
Palavras-chave: Tempo de tromboplastina parcial
Tromboembolia venosa
Hospital Prof. Dr. Fernando Fonseca, E.P.E.
Portugal
Data: 2015
Editora: Hospital Prof. Dr. Fernando Fonseca, E.P.E.
Citação: Rev Clin Hosp Prof Dr Fernando Fonseca 2015; 3(1): 20-22
Resumo: Introdução: A doença tromboembolica venosa (TEV) constitui um problema de grande impacto na saúde pública pela sua morbilidade e mortalidade. Tem uma etiologia multifactorial e os factores de risco são aditivos. Segundo vários estudos publicados a determinação de um tempo de tromboplastina parcial activado (TTPa) baixo, associa-se per se a um risco au- mentado de TEV. Objectivo: Cálculo da prevalência dos valores de TTPa inferiores ao Valor de Referência, VR, (excluíram-se utentes com trombofilias hereditárias/adquiridas). Materiais e Métodos: Realizou-se um estudo analítico observacional e longitudinal, no espaço temporal de Abril a Maio de 2014. Definiram-se três populações: 1ª - Dadores de sangue, (15 homens, 15 mulheres), para cálculo do VR, (colabora- ção do Serviço de Imunohemoterapia do Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca, E.P.E. (HFF). 2ª - Casuística dos utentes adultos em ambulatório, com prescrição de TTPa, no espaço temporal definido, 12943. 3ª População – Utentes com uma razão de TTPa <0.95 (razão = valor utente/valor referência) excluíram-se condições hereditárias/adquiridas potencialmente interferentes na hemostase. Utilizou-se o coagulometro BCS-XP® e o reagente TTPa ACTIN FS® da rotina do Laboratório de Hematologia. Cálculos no Excel para Windows 2010 Resultados 1.Cálculo da média: 24,4s; Intervalo de Confiança (90%): 20,6 a 29,5 s 2. Estudo precisão do reagente para TTPa ACTIN FS® Média 24,38 Variância 0,03 Mediana 24,36 Nível de confiança 90,0% 0,06 Desvio-padrão 0,17 Erro-Padrão 0,04 3.Cálculo de prevalências: Casuística dos TTPa: 12943 utentes, prevalência dos TPPa baixos na população, 5,9%. Preva- lência dos TPPa com uma razão <0.95 em utentes sem alterações da hemostase adquridas/hereditárias identificadas, 1,9%. Conclusões: Obtivemos uma prevalência de 1,9% de utentes (sem alterações da hemostase adquiridas/hereditárias identi- ficadas) com TTPa abaixo da razão de 0.95, em 12943 utentes. Sabendo que os valores baixos de TTPa se correlacionam com um risco aumentado de doença tromboembolica, pensamos que, este teste simples e de baixo custo, possa vir a ser utilizado no futuro, em sinergia com outros factores de risco na sua avaliação.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.10/1500
ISSN: 2183-3966
Versão do Editor: http://revistaclinica.hff.min-saude.pt/index.php/rhff/article/view/123
Aparece nas colecções:PATCLIN - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
20 Prevalência do TTPA baixo na população do H F F (3).pdf117,53 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.