Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.10/1554
Título: Satisfação dos pais com os cuidados de enfermagem. Aplicação da escala de apoio dos enfermeiros aos pais na Unidade de Cuidados Intensivos e Especiais Neonatais e Pediátricos, HFF
Autor: Sousa, M
Palavras-chave: Satisfação do utente
Cuidados de enfermagem
Unidade de cuidados intensivos neonatais
Unidade de cuidados intensivos pediátricos
Hospital Prof. Dr. Fernando Fonseca, E.P.E.
Data: 2015
Editora: Enfermeiros Neonatologia Área de Lisboa
Citação: ENCONTRO DE ENFERMEIROS DE NEONATOLOGIA DA ÁREA DE LISBOA, 2, Lisboa, 13 e 14 de Novembro de 2015
Resumo: Atualmente, a percepção do cliente sobre os serviços de saúde é um factor motivador que afecta as decisões tomadas com vista à melhoria dos cuidados, havendo um foco nos cuidados centrados no cliente e na medição de resultados. Compreender a satisfação da criança e / ou família com os cuidados prestados é parte vital dos cuidados de enfermagem ao facilitar o desenvolvimento de estratégias na procura da excelência e da melhoria da qualidade (Latour, 2007), permitindo criar um ambiente colaborativo na unidade (Latour et al, 2009). A aplicação de escalas, validadas e fiáveis, podem contribuir para a aceitação da satisfação parental como um indicador de qualidade (Latour et al, 2009), essencial para a prestação de cuidados centrados na família. Compreendendo a importância da avaliação da satisfação parental com os cuidados de enfermagem, identificámos a necessidade de um instrumento específico ao contexto e sensível aos cuidados de enfermagem prestados na Unidade de Cuidados Intensivos e Especiais Neonatais e Pediátricos (UCIENP). Os estudos realizados sobre a satisfação dos pais nas UCIN’s relacionam a satisfação parental com a relação estabelecida com os enfermeiros e o apoio recebido, que por sua vez influencia grandemente a experiencia dos pais durante o internamento e a redução do stress. Com o objetivo de analisar a satisfação dos pais com os cuidados de enfermagem enquanto ferramenta e indicador de qualidade, conhecendo a sua percepção do apoio fornecido pelos enfermeiros, aplicou-se a Escala de Apoio dos Enfermeiros aos Pais (Valadão, 2013), adaptada do intrumento Nurse Parent Support Tool (Miles et al, 1999), a 106 pais de crianças internadas na Unidade de Cuidados Intensivos e Especiais Neonatais e Pediátricos, do Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca. A avaliação global de apoio apresentou uma média de 4.52 (1 a 5) e um desvio padrão 0.77, o que releva que os pais se sentiram na maioria das vezes e quase sempre apoiado pelos enfermeiros. Os pais encontram-se satisfeitos com a qualidade dos cuidados físicos e psicossociais prestados aos seus filhos sendo o item melhor pontuado “Cuidou bem do meu filho”. A informação / comunicação continua a ser a área em que os pais se sentem menos apoiados / satisfeitos, embora seja uma das necessidades mais prioritárias, obtendo-se pontuações mais baixas nos itens “Inclui- me nas decisões tomadas sobre os cuidados” e “Incentivou-me a fazer perguntas sobre o meu filho(a).” Embora o dominio apreciativo, de reforço do papel parental, apresente uma pontuação elevada os pais encontram-se menos satisfeitos com a sua inclusão na tomada de decisão sobre os cuidados prestados e com o apoio recebido no exercicio do seu papel parental a cuidar da criança hospitalizada. Os resultados obtidos aliados à evidência, solicitam-nos uma mudança de atitude passagem do discurso à prática, através de uma melhor compreensão da perspectiva dos pais sobre os cuidados, melhorias na informação e comunicação com as famílias e procura de estratégias que envolvam os pais na tomada de decisão e os tornem verdadeiros parceiros nos cuidados.Talvez este seja o primeiro passo para, com base na perspectiva dos pais, recentrar os cuidados na família, dando-lhes controlo e reduzindo o stress parental. A avaliação do progresso da melhoria da qualidade é um processo continuo a manter na unidade, incentivando a identificação de áreas de melhoria, progressos, e a reflexão conjunta dos enfermeiros sobre estratégias de prestação de cuidados centrados na família a implementar, que irão influenciar a formaçãoe a prática dos enfermeiros na UCIENP. A análise da perspectiva dos pais sobre os cuidados, através da utilização deste instrumento, constitui uma fonte de motivação para os profissionais que possuem agora uma maior compreensão sobre o papel do enfermeiro na perspectiva dos pais e a eficácia das suas intervenções.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.10/1554
Aparece nas colecções:PED - Comunicações e Conferências

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Apresentacao Satisfacao com os cuidados - UCIENP (2).pdf2,23 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.