Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.10/373
Título: Atrésia congénita das choanas: caso clínico e revisão da terapeutica
Outros títulos: Congenital choanal atresia: case report
Autor: Nunes, D
Queiroz, T
Guimarães, A
Veiga, G
Palavras-chave: Atrésia das choanas
Endoscopia
Casos clínicos
Cirurgia transnasal endoscópica
Data: 2006
Editora: Sociedade Portuguesa de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial
Citação: Rev Port Otorrinol Cirur Cerv Fac. 2006 Dez; 44(4): 419-426
Resumo: A atrésia das choanas congénita é uma malformção relattivamente rara, ocorrendo em 1 de cada 5000 a 8000 nados-vivos. Cerco de 65 a 75% destes casos são unilaterais, sendo os casos bilaterais geralmente assocìados a outras anomalias congénitas. A atrésia das choanas é puromente óssea em 30% dos casos, enquanto que os restantes casos são mistos ósseo-membranosos. O tratamento é cirúrgico, estando descritos 5 métodos de abordagem princìpaìs: transpalatina, transnasal, sublabial-transnasal, transantral e transseptal. Actualmente, com o avanço dos técnicas de cirurgia endoscópica nasal, a maioria dos autores preferem a técnica transnasal, tanto para cirurgia primária como para cirurgia de revisão. Os autores apresentam um caso clinico de uma doenie de 38 anos de idade, com atrésia unilateral das choanas congênita, submetida o cirurgia correctiva por via endoscópica transnasal, com bom resultado funcional e um follow-up superior a 1 ano. Faz-se uma breve revisão da literatura ácerca dos diferentes métodos cirúrgicos para correcção doa atrésia das choanas, comparando as diferentes abordagens e os seus resultados funcionais.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.10/373
ISSN: 0873-3864
Aparece nas colecções:ORL - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ORL1.PDF6,25 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.