Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.10/459
Título: Urolume – Stent uretral permanente: técnica do passado, complicações actuais
Outros títulos: Urolume – permanent urethral stent: technique of the past, complications of the present
Autor: Palmas, A
Graça, B
Coelho, M
Cardoso, AP
Fonseca, J
Palavras-chave: Procedimentos cirúrgicos urológicos
Aperto uretral
Data: 2010
Editora: Associação Portuguesa de Urologia
Citação: Acta Urol. 2010; 27(1): 41-44
Resumo: O UroLume - Stent Uretral Permanente, foi desenvolvido como forma de tratamento de apertos da uretra. No entanto, o longo período de seguimento revelou uma alta taxa de falência e complicações. Apesar da contra-indicação nos apertos de etiologia traumática, a sua utilização manteve-se durante vários anos. A reestenose é comum nestes doentes, podendo ser abordada endoscopicamente ou através de reconstrução uretral. Apresentamos 2 casos clínicos de doentes com reestenose após a colocação de stent uretral para tratamento de aperto uretral traumático e o desafio cirúrgico da sua resolução.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.10/459
ISSN: 2182-0341
Aparece nas colecções:URO - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Acta Urol. 2010, 27(1) 41-44.pdf183,88 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.