Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.10/701
Título: Prevalência de ac anti-CMV em dadores de sangue do Hospital Fernando Fonseca (2002-2006)
Autor: Barra, A
Barradas, A
Costa, C
Monteiro, F
Soares, F
Palavras-chave: Dadores de sangue
Infecções por citomegalovirus
Data: 2007
Editora: Associação Portuguesa de Imunohemoterapia
Citação: CONGRESSO NACIONAL DA ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE IMUNOHEMOTERAPIA, 6, Aveiro, 12 e 13 de Outubro de 2007
Resumo: O citomegalovírus (CMV) é um vírus pertence ao grupo dos herpes vírus e que tem como característica, a latência após a infecção primária, podendo reactivar-se posteriormente. O CMV tem sido referenciado como causa de aumento da morbilidade e mortalidade em recém-nascidos prematuros (pneumonia, hepatite, trombocitopenia). Outros dos receptores considerados de alto risco na infecção por CMV são, os doentes imunodeprimidos/imunossuprimidos e as grávidas. Nos Países com alta prevalência de CMV, a desleucocitação não é garante de não transmissão da infecção. Especialmente em prematuros, filhos de mães seronegativas, onde os componentes transfundidos, além de desleucocitados, devem ser CMV negativos.
Descrição: AB0 – Revista de Medicina Transfusional, Nº32, Suplemento, 2007, Posters (P.25), pp 53-4.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.10/701
Aparece nas colecções:IMU - Comunicações e Conferências

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Cartaz_Prevalencia_ac_anti-CMV_DS_HFF (2002-2006)_APIH_2007.pdf123 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.