Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.10/723
Título: Incontinência urinária de esforço no Século XX: teorias e cirurgias revisitadas
Outros títulos: Stress urinary incontinence on 20th Century: theories and surgeries revisited
Autor: Graça, B
Palavras-chave: Incontinência urinária de esforço
Data: 2012
Editora: Associação Portuguesa de Urologia
Citação: Acta Urol. 2011; 29(1): 28-36
Resumo: A incontinência urinária de esforço (IUE) teve, no último século, uma evolução notável na compreensão da sua fisiopatologia e nos tratamentos cirúrgicos realizados. Desde os trabalhos de Howard Kelly na IUE após o parto, em que foi introduzido o conceito do colo vesical aberto como um mecanismo fisiopatológico da incontinência, desenvolveram-se várias teorias com suporte anátomo-clínico cada vez mais exaustivo, nomeadamente as teorias da transmissão das pressões intra-abdominais de Goran Enhorning, a teoria integral de Papa Petros e mais recentemente a teoria do Trampolim de Firouz Daneshgari. Esta acumulação de conhecimentos contribuiu para a compreensão da IUE e suportou as cirurgias realizadas, tendo estas tido várias abordagens, nomeadamente a via vaginal com a plicatura do colo e as várias cérvico-suspensões, passando pela via abdominal com a cervico-uretropexia de Marshall, Marchetti e Krantz, a cervicopexia de John Burch e o sling pubovaginal. Actualmente utiliza-se a via vaginal colocando próteses na uretra média, o Tension-free Vaginal Tape - TVT®, o Transobturator tape - TOT® e o TVT-Obturator System - TVT-O®, popularizados por Ulf Ulmsten, Emmanuel Delorme e De Leval, respectivamente. Faz-se uma breve revisão cronológica dos principais conceitos, teorias e cirurgias aplicadas, destacando os seus autores e contribuições mais relevantes.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.10/723
ISSN: 2182-0341
Aparece nas colecções:URO - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Acta Urológica – Março de 2012 – 1, 28–36.pdf1,12 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.