Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.10/812
Título: Oclusão da veia central da retina em doente jovem: caso clínico
Autor: Pina, S
Azevedo, A
Silva, F
Gonçalves, A
Santos, MJ
Pires, G
Teixeira, S
Palavras-chave: Oclusão da veia da retina
Data: 2010
Editora: Sociedade Portuguesa de Oftalmologia
Citação: CONGRESSO PORTUGUÊS DE OFTALMOLOGIA, 53, Vilamoura, 2 a 4 de Dezembro de 2010
Resumo: Introdução: A Oclusão da Veia Central da Retina (OVCR) é uma patologia relativamente frequente na população idosa. Está geralmente associada a factores de risco vasculares, como Diabetes e Hipertensão arterial, ou oculares, como glaucoma crónico de ângulo aberto. No jovem, é uma entidade rara e pode estar associada a estados de hipercoagulabilidade ou hiperviscosidade sanguíneas. Material e métodos: Apresenta-se o caso clínico de um jovem de 30 anos, sexo masculino, sem factores de risco conhecidos, que se apresenta no serviço de urgência com diminuição súbita e indolor da acuidade visual do olho esquerdo (AV - 5/10), tendo sido feito o diagnóstico clínico de OVCR. Realizou angiografia fluoresceínica (AF), OCT macular, análises clínicas, electrocardiograma, ecocardiograma e ecodoppler dos vasos do pescoço. Resultados: Das análises realizadas destaca-se apenas um valor de homocisteína aumentado. A AF e OCT confirmaram o diagnóstico de OVCR associada a edema macular, permitindo subclassificá-lo de tipo não isquémico. Foi instituída terapêutica com bevacizumab intravítreo pelo edema macular, tendo realizado 5 injecções num período de 8 meses, apresentando resposta favorável do ponto de vista funcional e anatómico. Mantém seguimento regular em consulta de Retina e Medicina Interna. Conclusões: A OVCR no jovem exige uma pesquisa rigorosa dos eventuais factores de risco envolvidos, sendo importante a exclusão de factores pró-trombóticos associados. A terapêutica instituída deve ter em conta os factores de risco associados, a forma de apresentação da doença e respectiva evolução clínico-imagiológica. Bibliografia: Borth RLM, Rogers SL, et al; Natural History of Central Retinal Vein Occlusion: An Evidence-Based Systematic Review; Ophthalmology 2010, 117(6):1113-1123. Cabezas-Léon MM, Garcia-Montero MR, Morente-Matas P; Hiperhomocistinemia como un factor de riesgo para la thrombosis de la vena central de la retina en un paciente joven; revista de Neurologia, 2003; 37(5):441-443. Costa et al; Intravitreal Bevacizumab (Avastin) for Central and Hemicentral Retinal Vein Occlusions, IBeVO Study; Retina 2007; 27:141-149.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.10/812
Aparece nas colecções:OFT - Comunicações e Conferências

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
OVCR -3.pdf795,44 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.